Cápsulas de Chá Verde boas para saúde e emagrecimento?

Muitas pessoas ouviram falar sobre as cápsulas de chá verde e seus benefícios para a saúde e emagrecimento, mas ficam confusas porque associam o chá a uma coisa que você bebe e não algo em forma de comprimido.

Se você está considerando comprar cápsulas de chá verde mas tem algumas dúvidas sobre o produto continue lendo e confira se vale a pena gastar o seu dinheiro ou se existe algum risco para a sua saúde.

capsulas-cha-verde

Para que serve as cápsulas de chá verde

O consumo de chá verde como suplemento tem sido incentivado para tratar uma variedade de problemas de saúde durante séculos, particularmente na China e India.

Os inúmeros benefícios associados ao chá verde vão desde os efeitos positivos na saúde do cérebro e coração, prevenção de alguns tipos de câncer e outras doenças, até seus efeitos no emagrecimento.

Chá verde emagrece mesmo? Alguns estudos mostram que o consumo de chá verde pode aumentar o metabolismo promovendo assim a perda de peso. Esses estudos indicam que as cápsulas podem promover um gasto calórico diário de cerca de 180 calorias – aproximadamente o dobro do chá na forma liquida.

As cápsulas podem contribuir para a perda de peso ao ajudar a reduzir o consumo total de calorias, contudo, se você consumir calorias em excesso diariamente e não praticar exercícios físicos os resultados vão ser mínimos ou mesmo nenhuns.

Os cientistas atribuem essas capacidades principalmente a duas substâncias presentes nas folhas de chá verde: a cafeína e a epigalocatequina galato (EGCG) um poderoso antioxidante.

Diferença entre as cápsulas e o chá verde de saquinho

A diferença é essencialmente a quantidade de concentração das principais substâncias. As cápsulas ou suplementos contêm extrato de chá verde em que os principais princípios ativos da planta ficam super concentrados.

Uma xícara contém cerca de 50 mg de cafeína e 80 mg de antioxidantes. Uma cápsula pode conter até 750 mg de extrato de chá verde – isso significa que teria de beber o equivalente a cerca de 8 a 10 xícaras para obter o mesmo valor dos princípios ativos.

Preços e onde comprar

Você pode encontrar as cápsulas de chá verde em vários lugares – loja de produtos naturais, supermercado, farmácia ou loja de suplementos alimentares.

O preço pode variar muito – entre R$20,00 e R$45,00 – tem de comparar a quantidade de cápsulas e concentração dos princípios ativos, quanto maior concentração mais caras são as cápsulas. A marca das cápsulas também influencia o preço.

Uma vez que esse é um produto processado é importante usar marcas de confiança e evitar cápsulas que contenham outras substâncias que não são encontradas na planta.

Ver no rótulo: Cafeína e Polifenois, principalmente catequinas, dos quais se destacam a epigalocatequina galato (EGCG) são as substâncias que você deve procurar no rótulo. Se tiver outras substâncias pergunte ao vendedor de onde vêm ou faça uma pesquisa antes de comprar.

Termos em inglês: Polyphenols (polifenois) – catechins (catequinas) – epigallocatechin gallate (epigalocatequina galato) – cafeine (cafeína).

Possíveis efeitos colaterais

Os principais efeitos colaterais do chá verde (tanto o tradicional como as cápsulas) são causados pelo consumo excessivo da cafeína: pode afetar o sono, elevar a frequência cardíaca, causar desconforto gastrointestinal, aumentar a ansiedade, entre outros.

É possível comprar cápsulas de chá verde descafeinadas, no entanto, os benefícios associados ao emagrecimento podem não ser tão satisfatórios quando comparados com as capsulas que contêm cafeina.

O consumo excessivo do extrato de chá verde também pode estar associado a problemas do fígado.

Considerações finais

As cápsulas podem ser uma opção para quem não gosta do sabor amargo do chá ou acha mais prático tomar uma cápsula em vez de ter que beber grandes quantidades de chá para obter os benefícios da planta.

No entanto, as opiniões dividem-se em relação ao produto. Algumas pessoas adoram, outras não viram resultados ou até tiveram alguns efeitos indesejados.

Parece que os problemas com o produto aparecem principalmente quando as pessoas não respeitam as doses recomendadas ou quando são usadas marcas de qualidade inferior.

A quantidade de extrato de chá verde por cápsula varia de marca em marca mas é aconselhado pela maioria dos especialistas que a quantidade diária não seja superior a 500 mg dividido entre 1 a 3 cápsulas. O chá verde como bebida não deve ser consumido em quantidade superior a 4 xícaras por dia.

O chá verde é contraindicado para grávidas, mulheres amamentando, pessoas com problemas de ansiedade e pessoas com hipertireoidismo. Pode ser necessário consultar um nutricionista para excluir outros problemas antes de começar a tomar.

Se optar pelo chá tradicional veja: ◦ Como tomar chá verde
  • Claudio José Jacyntho

    Olha, eu vejo que decididamente vivemos num país hipócrita em todos os seguimentos pois o que existe de pessoas buscando alternativas para emagrecerem é impressionante. Analisando os vários casos de obesidade onde as pessoas sofrem com o consumo compulsivo de comida e não conseguem parar de comer e até hoje com a evolução de muitas pesquisas em diversos âmbitos, nenhum laboratório conceituado desenvolveu um medicamento inibidor de apetite que não causasse efeitos colaterais e que não fosse contra-indicado á ninguém bem como não necessitasse de ser controlado. Desta forma acredito com 100% de certeza que não fazem isso porque não tem interesse em salvá-las ou dar-lhes o direito de comer quanto quiserem e de parar quando quiserem através destes medicamentos sem contra-indicação (se fossem produzidos). Outro detalhe é que para inibir o apetite tudo o que atualmente existe, além de ser contra-indicado para 1.000.000 de pessoas pois lhes causariam vários efeitos indesejados uma vez que se hipertensos alteraria os batimentos cardíacos propiciando-lhes infartos ou AVC e para estes casos não se pensou em produzir algo livre de gerar outros males. Este é apenas um exemplo de situação que é o meu caso e assim somamos à outras patologias que estão fadadas às mesmas condições. Desta forma eu observo que ”chá verde e outros artifícios deste seguimento nada podem contribuir na vida de pessoas como eu pois sempre estão acompanhados da cafeína que também esta presente em todos os termogênicos que poderiam se não a tivessem, ajudar na contensão da fome. Acho que não temos saída e nada do que se vende por aí com o propósito de ajudar a conter o apetite ou emagrecer pode atingir este objetivo uma vez que sempre possuem algo que vai no sentido contrario e causam outros males. Assim sendo fica aqui o meu manifesto em contrário à atitude mesquinha e lobista deste grandes laboratórios que nem querem passar perto de pensar em produzir algo eficiente, não controlado posteriormente e sem efeitos colaterais que dê o direito às pessoas de comer quanto lhes é conveniente e depois pararem através do produto em questão. Porque não investirem num projeto assim que refletiria na redução de tantas mortes por obesidade e em internações pelo mesmo problema. É para se pensar!