10 Alterações naturais para parar de roncar

Roncar é um problema bastante comum – é estimado que o ronco afete mais de 40% dos homens e mais de 25% das mulheres em algum momento de suas vidas.

Na maior parte das vezes o ronco é normal e não apresenta riscos para a saúde, a não ser o incômodo e frustração que as pessoas dormindo com você possam sentir. No entanto, o ronco também pode ser um sintoma da apneia obstrutiva do sono, um distúrbio grave do sono que requer cuidados médicos.

É importante entender que o ronco de cada pessoa pode ter causas diferentes. É fundamental conhecer o que está causando o ronco para conseguir eliminar o problema. Aqui ficam 10 dicas naturais que o podem ajudar a acabar com o ronco:

como-parar-de-roncar

1 # Se está acima do peso, emagreça!

Você pode estar se perguntando de que forma o excesso de peso poderá ter influência no ronco. A verdade é que as pessoas não acumulam gordura somente na barriga e glúteos – a região do pescoço também costuma ser alvo dos depósitos de gordura.

O excesso de gordura, especialmente em torno da garganta, coloca pressão nas vias respiratórias levando ao seu colapso e estreitamento parcial, resultando no ruído a que chamamos de ronco. É importante lembrar que também tem pessoas magras que roncam e pessoas acima do peso que não roncam, contudo, as pessoas que estão no peso ideal têm menos probabilidade de desenvolver essa condição.

2 # Tente dormir de lado

Dormir de lado pode ser uma forma eficaz para parar de roncar naturalmente. Quando você dorme de barriga para cima a língua e o palato mole são empurrados contra a garganta por ação da força da gravidade o que leva a uma maior pressão sobre as vias respiratórias causando o ronco.

3 # Evite beber bebidas alcoólicas

Evite beber álcool algumas horas antes de deitar. O álcool, os tranquilizantes e pílulas para dormir são substâncias que podem levar a uma depressão do sistema central nervoso, o que pode relaxar os músculos do corpo. Quando os músculos da garganta, mandíbula e língua ficam muito relaxados, podem exercer pressão extra nas vias respiratórias, causando a vibração dessas estruturas quando o ar circula, originando o ruído a que chamamos ronco. É por essa razão que muitas pessoas que normalmente não roncam costumam roncar depois de beber álcool.

4 # Procure tratamento para as alergias

Alergias respiratórias crônicas podem causar ronco ao forçar as pessoas a respirar pela boca enquanto dormem porque têm sempre o nariz entupido. Tomar um anti-histamínico antes de dormir pode ajudar. Se o seu nariz está congestionado, tente usar um spray salino ou um umidificador.

5 # Troque de travesseiro e limpe o pó do quarto

Quando foi a última vez que trocou de travesseiro e limpou debaixo da cama? Os ácaros têm tendência para se acumular no travesseiro e podem causar reações alérgicas que podem contribuir para o aparecimento do ronco. Se tem animais de estimação evite que eles durmam na cama porque o pelo dos animais circula no ar e ao ser respirado também pode contribuir para a irritação das vias respiratórias. Se você se sente bem durante o dia mas fica com o nariz congestionado durante a noite essas coisas podem estar a fazer você roncar.

6 # Deixe de fumar

Alguns especialistas indicam que fumadores têm o dobro das probabilidades de roncar do que os não fumadores. Isso acontece porque o fumo do cigarro prejudica a mucosa da cavidade nasal e sua garganta. O fumo pode causar inchaço e maior produção de catarro o que pode resultar no congestionamento das vias respiratórias, ou seja, torna mais difícil você respirar pelo nariz e levar consequentemente à produção do ronco.

7 # Mantenha as passagens nasais limpas e abertas

Se o ronco começa a partir do nariz, manter as passagens nasais abertas e limpas pode ajudar bastante. Quando o nariz está congestionado e as vias respiratórias mais estreitas a circulação do ar é realizada mais rapidamente e as probabilidades de você roncar são maiores. Tomar um banho quente antes de deitar, usar um dilatador nasal, tiras de respiração ou um spray salino pode ajudar você a respirar melhor.

8 # Faça Exercícios Físicos

Fazer exercícios físicos também pode ajudar você a parar de roncar. Tonificar os braços, pernas e abdômen, por exemplo, também contribui para a tonificação dos músculos de sua garganta. Quando as estruturas em torno da garganta estão mais tonificadas, menos probabilidades têm de relaxar e vibrar com a circulação do ar, ou seja, produzem menos ruído.

9 # Levante a parte de cima da cama
Dormir com a cabeça levantada pode retirar um pouco da pressão das vias aéreas, o que pode facilitar a respiração. Crie uma inclinação na cama, colocando algum objeto sob os postes da cama, ou tente elevar a parte superior do corpo (e não apenas a sua cabeça, o que pode realmente piorar a respiração) com travesseiros.

10 # Identifique se a Apneia do Sono pode estar causando o ronco

Se nenhuma das dicas acima resultou está na hora de descobrir se você pode ter apneia do sono. O ronco é um dos principais sintomas e sinais da apneia do sono. Se o ronco é muito ruidoso e frequente; se está interferindo com a sua qualidade de vida; se sente cansaço frequente ou dores de cabeça de manhã, você deve consultar seu médico para descobrir se sofre de apneia do sono. Seu médico certamente irá mandar fazer um exame de polissonografia para monitorizar todos os acontecimentos durante o sono.

Nos casos leves de apneia do sono algumas mudanças no estilo de vida como as que são indicadas nas dicas acima podem resolver o problema. Nos casos graves ou moderados pode ser usado o CPAP, aparelhos dentários ou em último recurso a cirurgia.