Cremes para remover estrias: eficaz ou não?

Estria consegue ser um tema bem controverso, você já viu de tudo, tentou muita coisa e nada parece resultar. Em todo blog que você entra tem alguém falando de um novo creme ou produto muito bom que parece ser a resposta para este grande problema, no entanto, também não resulta com você.

Aí você desanima e se pergunta: Porque os cremes funcionam com os outros e comigo não? O que estou fazendo mal? Será que tem outro creme melhor que ainda não usei?

Continue lendo e descubra a razão por que esse tipo de tratamento pode não estar resultando.

Cremes para eliminar estrias: funcionam mesmo?

cremes-para-eliminar-estrias

A resposta é simples: Eles funcionam até certo ponto e os resultados dependem de vários fatores:

‣ da fase em que a estria está (estria vermelha ou branca);

‣ do local;

‣ da espessura;

‣ da profundidade;

Entenda que o processo que provoca a formação das estrias é progressivo, ou seja, elas ocorrem quando há uma distensão ou estiramento da pele, que ao ser esticada para além do seu limite provoca uma destruição das fibras colágenas e elásticas.

Nesta fase inicial as estrias apresentam uma cor avermelhada ou arroxeada, consequência do processo de inflamação. A estria é semelhante a uma ferida, só que interna. Com o passar do tempo se essa “ferida interna” não for tratada ela vai cicatrizar e é nessa fase que as estrias começam a ficar brancas.

‣ Se você tratar a sua pele com cremes hidratantes e esfoliação na fase inicial em que se dá a rutura das fibras de colágeno enquanto as estrias ainda são vermelhas, tem grandes chances de interromper, limitar e reverter esse processo e as marcas podem ser removidas quase completamente ou deixar sequelas mínimas.

‣ Se as suas estrias já são brancas, profundas e espessas dificilmente algum creme ou outro tipo de tratamento vai conseguir remover completamente as marcas, no entanto, podem ajudar a melhorar o aspeto e conferir uma coloração mais parecida com o seu tom de pele. Produtos que contêm ácido retinóico, vitamina A, vitamina C, ureia, silício orgânico, fatores de crescimento, D-Pantenol, PCA-Na são os mais indicados para este tipo de estria.

Conclusão: cremes para remover estrias sim ou não?

Depende muito da sua paciência, carteira e expectativas. Não fica barato comprar creme regularmente e é importante lembrar que nenhum creme vai funcionar em dois ou três dias e que todo o processo de tratamento das estrias é longo. Você tem de ter muita paciência porque os resultados aparecem lentamente e de forma progressiva.

Se você espera que o creme elimine todas as marcas criadas pelas estrias é melhor desistir dessa ideia. Especialmente se forem estrias brancas, antigas, largas e profundas. Se procura apenas melhorar e diminuir as marcas então vale a pena tentar.

No entanto, o ideal seria consultar um dermatologista. Ele é a pessoa indicada para avaliar o seu caso e até aconselhar outro tipo de tratamentos estéticos que podem alcançar melhores resultados. Você pode gastar dinheiro numa consulta mas ele pode poupar muito dinheiro a longo prazo, gasto em produtos que não vão conseguir alcançar os objetivos que você pretende.