DIURÉTICOS – O que São? FAzem Emagrecer?

O que são diuréticos?

É considerado diurético um produto, substância ou medicamento que atue no funcionamento dos rins, promovendo o aumento do fluxo urinário. Por outras palavras, é algo que faz você urinar mais.

No entanto, a maior frequência urinária é uma consequência do aumento da excreção de sódio (sal): A função primária do diurético é promover a remoção de sódio do nosso organismo através da urina; de forma a completar esse processo o sódio exige que o rim processe maiores quantidades de água para que seja possível eliminar ou diluir o sódio na urina.

diureticos

Para que servem?

O seu médico pode sugerir o uso de diuréticos para remover o excesso de sódio (sal) e fluido que circulam nos vasos sanguíneos e reduzir assim a pressão exercida nas paredes das artérias. Dessa forma, o coração pode bombear mais facilmente o sangue para todo o corpo.

É por essa razão que os diuréticos são usados com maior frequência para tratar principalmente condições associadas ao coração:

‣ Insuficiência cardíaca

‣ Hipertensão arterial ou pressão alta

Problemas do fígado (cirrose hepática), pulmões e rins (insuficiência renal)

‣ Glaucoma

‣ Edemas (inchaços) – (Ver: Edema o inchaço provocado pela acumulação de liquidos)

‣ Diabetes Insipidus

Também posso usar diuréticos para emagrecer?

Muitas pessoas associam os diuréticos a comprimidos para emagrecer, no entanto, essa não é sua função primária.

Em média, cerca de dois terços do corpo humano é água – pode parecer surpreendente, mas toda essa água tem bastante peso.

O diurético ajuda a retirar grandes quantidades dessa água do nosso organismo ao aumentar a frequência de micção – o que pode representar uma rápida perda de peso.

No entanto, o peso que você perde não corresponde a um emagrecimento “verdadeiro” uma vez que não foi eliminada gordura mas sim água.

Perder peso eliminando o peso de líquidos no corpo leva à desidratação; e assim que você ingerir alimentos ou beber água o seu corpo vai procurar equilibrar os níveis de hidratação e o peso perdido volta novamente.

É considerada pelos especialistas uma estratégia pouco saudável e só apresenta “resultados” a curto prazo – para perder peso de forma saudável e obter resultados permanentes o seu corpo necessita de gastar mais calorias do que aquelas que ingere! Você pode conseguir isso através de uma reeducação alimentar e prática de exercícios!

Quais são os diferentes tipos de diuréticos?

Existem vários tipos, sendo os principais: Diuréticos tiazídicos; diuréticos de alça e diuréticos poupadores de potássio.

Eles são divididos em diferentes classes porque apesar de todos aumentarem a eliminação de sódio (sal) e de água, o seu mecanismo de ação é diferente. Cada um deles atua em uma parte diferente do rim, são prescritos para doenças diferentes e produzem efeitos específicos.

Diferentes classes de diuréticos podem ser combinadas em um mesmo comprimido ou então podem ser prescritos ao mesmo tempo pelo seu médico.

Exemplos de Diuréticos tiazídicos no Brasil

‣ Hidroclorotiazida (nome comercial: Drenol®)

‣ Clortalidona (nomes comerciais: Higroton® e Hygroton®)

‣ Indapamida (nomes comerciais: Natrilix®, Fludex®, Indapen® e Vasodipin®)

Exemplos de Diuréticos de alça no Brasil

‣ Furosemida (nome comercial: Lasix®)

Exemplos de Diuréticos poupadores de potássio no Brasil

‣ Espironolactona (nomes comerciais: Spiroctan®, Aldactone® e Diacqua®)

‣ Triantereno

‣ Amilorida

Existem efeitos secundários?

Como em qualquer outro medicamento, os diuréticos apresentam potenciais efeitos secundários. Os efeitos colaterais podem variar de uma classe para a outra e podem incluir:

‣ Urinação frequente; sede excessiva; arritmia; cansaço; aumento ou baixa do potássio; câimbras; desidratação; baixa de magnésio; tonturas; visão dupla; dor de cabeça; febre; tosse; perda de apetite; náusea e vómitos; aumento do ácido úrico; ginecomastia (crescimento de mamas nos homens); perturbações menstruais entre outros.

É importante comunicar ao seu médico se esses sintomas persistirem.

Gestantes e mulheres amamentando podem usar diurético?

Não é recomendado o uso de diuréticos durante a gravidez. Os possíveis efeitos do fármaco no feto não são conhecidos.

Também não é aconselhado o uso em mulheres amamentando, uma vez que o efeito do medicamento passa através do leite materno e pode causar desidratação no bebê.

Considerações Finais

Os diuréticos só devem ser usados quando prescritos por um médico para tratar um problema de saúde especifico. Não é aconselhável seu uso para perder peso – tenha cuidado com algumas pílulas de emagrecimento que usam diuréticos e são vendidas sem prescrição médica.

Para que um tratamento com diuréticos seja eficaz é necessário limitar o consumo de sal na sua dieta. Se através de sua dieta você continuar a ingerir mais sal do que a quantidade eliminada pela ação do diurético os resultados não vão ser satisfatórios.

Alguns alimentos contêm propriedades que podem produzir acção diurética. Esses alimentos diuréticos embora sejam muito menos potentes que os fármacos podem ser úteis para problema menos graves – é importante referir que eles não devem substituir a medicação prescrita pelo seu médico.