12 Massagens de Drenagem Linfática para Pernas Inchadas / Retenção Hídrica

As técnicas de massagem e movimentos envolvidos num procedimento de drenagem linfática têm como objetivo promover o estímulo do sistema linfático – melhorando e acelerando o seu funcionamento – permitindo assim que os líquidos e toxinas que se acumulam no corpo sejam drenados (eliminados) mais rápida e eficazmente.

Os procedimentos de drenagem oferecem melhores resultados quando são realizados por profissionais habilitados e especializados, no entanto, você também pode fazer uma boa automassagem em casa para ajudar a diminuir a retenção de líquidos e inchaço.

O movimento que vai ver nessas imagens deve ser feito levemente, devagar e sem aplicar demasiada pressão. Deve repetir cada um desses movimentos 10 vezes; e os movimentos completos que vão desde o tornozelo até à virilha 5 vezes (últimas imagens na página). Os movimentos devem ser sempre feitos de baixo para cima.

Massagem nas Coxas

1 – Parte interior da coxa

retenção-liquidos-coxa

2 – Parte exterior da coxa até ao braço

retenção-liquidos-coxa2

Massagem nos Joelhos

1 – Joelhos técnica A

retenção-de-líquidos-joelho

2 – Joelhos técnica B

retenção-hídrica-joelho

3- Joelhos parte de trás

massagem-parte-trás-joelho-coxa

Massagem nas Panturrilhas (GÊMEOS)

1 – Secção média parte interior

retenção-liquidos-parte-media-panturrilhas

2 – Secção média parte exteriror

inchaço-parte-media-gemeos

3 – Secção inferior parte interior

retenção-hídrica-parte-inferior-panturrilhas

4 – Secção inferior parte exteriror

retenção-liquidos-parte-inferior-gemeos

Tornozelos e Pés

1 – Tornozelos

inchaço-tornozelos

2 – Pés

retenção-liquidos-pes

Movimento completo – De Baixo para Cima

auto-massagem-retencao-de-liquidos

auto-massagem-retencao-hidrica

Dicas para massagem

Tome um banho antes da massagem – preferencialmente com água fria ou morna. As baixas temperaturas estimulam o corpo e ajudam a melhorar a circulação sanguínea o que é muito benéfico para quem retém líquidos devido a uma má circulação.

Faça esfoliação nas pernas semanalmente – ao esfoliar a pele com movimentos circulares está a contribuir para a ativação da circulação local. Pode fazer a esfoliação alguns minutos antes de começar a massagem de drenagem.

Tenha atenção à intensidade e direção dos movimentos – Não precisa aplicar demasiada força nos movimentos e deve fazer todos os movimentos em direção às virilhas, movimentos de baixo para cima (ascendentes).

Seja paciente – A drenagem pode proporcionar uma sensação de alívio nas pernas logo após as primeiras sessões, no entanto, os melhores resultados aparecem quando as massagens são realizadas continuamente durante algumas semanas.

Identifique o problema – O inchaço ou edema pode ter várias causas e nem sempre melhora com a drenagem linfática. Se o inchaço não passa com o tempo é aconselhável procurar seu medico para identificar a causa do edema pois pode ser a consequência de uma doença mais grave que requer outro tipo de tratamento.